HALITOSE (mau hálito)

halitose2Você realmente confia na resposta à pergunta: Eu estou com mau hálito?

Já é bastante constrangedor perguntar;

E se a pessoa está sendo apenas educada?

E se a pessoa não quer te constranger?

Para driblar esse inconveniente a ABHA (Associação Brasileira de Halitose) criou um formulário onde você indicar alguém com halitose e eles entram em contato com a pessoa por e-mail para informá-la de uma forma mais polida e profissional.

Possíveis Motivos:

Os culpados podem ser a higiene bucal inadequada, boca seca, doenças, infecções, uso de tabaco e dietas severas
Possíveis Soluções:

Realizar adequada higiene bucal (incluindo limpeza da língua) e evitando o uso de soluções para bochecho com álcool na composição;

Visitar o dentista semestralmente, prevenindo assim problemas dentários e gengivais (ex: tártaro, sangramentos…); Realizar exames de saúde geral (check-up) anualmente;

Realizar pequenas refeições a cada 03 horas, pois jejum prolongado pode comprometer seu hálito;

Evitar alimentos muito salgados, quentes ou condimentados;

Ter uma dieta balanceada, incluindo uso de alimentos duros e fibrosos;

Evitar o consumo excessivo de alho, cebola, picles, repolho, couve, brócolis, gorduras e frituras em geral, de café, refrigerantes, achocolatados, entre outros;

Evitar álcool e fumo em excesso;

Ingerir bastante líquidos, de preferência água (média de 2 litros/dia); Praticar atividades físicas.

Evitar o Tabagismo

odontologia e tabagismo

A fumaça do cigarro resseca a boca e inibe a produção de saliva;

Parte das substâncias permanecem na boca e é digerida, exalando odores que provocam a halitose;

A nicotina, um dos principais compostos do cigarro, é uma substância que adere ao esmalte dentário facilmente e escurece a sua pigmentação;

O cigarro aumenta a temperatura média da boca e cria um ambiente mais propício para a propagação de bactérias e o acúmulo de placa bacteriana e tártaro;

Aumenta o risco de problemas de gengiva e perda de dentes;

A fumaça do cigarro afeta a mucosa da boca,dificulta a cicatrização e diminui a eficiência do sistema imunológico, tornando o fumante mais frágil à bactérias, vírus e fungos;

Relação direta com casos de câncer de lábio, faringe, laringe e esôfago;

Sintomas que podem aparecer na língua e nas superfícies da boca e que indiquem que um fumante possa ter tenha algum tipo de câncer bucal:

– Feridas ou úlceras que não cicatrizam por mais de 15 dias,
– Inchaço na boca e/ou no pescoço
– Nódulos
– Manchas ou placas esbranquiçadas ou vermelhas

Mais informações podem ser acessadas no blog da Abril saúde.

Vale a pena conferir e aderir ao hábito de PARAR de fumar

Escovar os Dentes Regularmente

cc628-7e62bf_e1f70d2f851b450ba2a892c71d35179bmv2

Importância da Escovação Regular:

Após o café da manhã, almoço e, principalmente, jantar.🥣🍩🍽️

Passar a escova entre os dentes e gengivas, uma vez que esta região tem maior probabilidade de acúmulo de placa bacteriana.

Sem pressa e em frente ao espelho, fazendo movimentos pequenos e circulares com duração de dois minutos.⏳⌚

Associação Dental dos Estados Unidos recomenda que a escova de dentes seja trocada a cada 3 ou 4 meses, aproximadamente, ou antes se as cerdas estiverem desfiadas.

Depois de uma gripe é aconselhável trocar a escova para não ser infectado novamente.🤢🤧😷

Nada de escolher sua escova entre os produtos infantis. Há um mito de que as escovas infantis servem para adultos por terem a cabeça menor e alcançar os espaços mais escondidos.

Hoje, não existe mais indicação para escovas duras e médias, pois provocam abrasão do esmalte e retração gengival em longo prazo.

Escolha entre supermacias, extramacias ou ultramacias.☁️☁️

Importância de usar Fio Dental

fio dental

  • Limpa os cantinhos mais difíceis que a escova não alcança;
  • Elimina todos os restos de alimentos que poderiam servir de porta de entrada para cáries e outras doenças bucais;

  • Ajuda eliminar placa bacteriana;

  • Melhor usar à noite após a última refeição ou antes de dormir;

  • Deve chegar até à linha da gengiva;

  • Se desfiar ou for cortado pode ser indicação de cárie;

  • Melhor utilizar antes da escovação;

Existem vários modelos no mercado:

1. Múltiplos filamentos: é o modelo tradicional;

2. Fita ou filamento único: ideal para quem possui uma arcada ajustada, ele é mais fino e achatado;

3. Super floss: se você tem aparelho ortodôntico ou implante, esse é o tipo certo para usar